quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Cortando compensados

Hoje fizemos um trabalho que eu odeio: Cortar compensado na serra circular. Odeio porque ela é perigosa, qualquer vacilo e, bau bau sua mão, se tiver sorte um dedo… E também porque de 10 peças cortadas eu sempre erro uma ou duas, o suficiente para um puxão de orelha básico. Não tiro a razão de Fausto em me chamar atenção, porque em uma construção nós economizamos desde os preguinhos à restinhos de cola,  nessa hora eu apelo que sou fraquinha, não tenho muita destreza para o serviço mas não tem jeito, ele não me dá mole! Como dizem por aqui: Foi um dia SINISTRO!

Esse compensado cortadinho em tiras de 10cm  serão usados para a construção da parede do mastro, a parte estrutural está pronta, agora SÓ falta colarr o compensado e laminar com fibra de carbono e epoxi, depois as instalações de cabos, cabos elétricos, roldanas …etc. Serviço que parece que não acaba mais! Eu sinceramente já estou cheia desse mastro, primeiro que Fausto não fala em outra coisa além dele (já estou ficando com ciúmes, todas as atenções são para o mastro), quando tento falar outras coisas (só bobeiras é claro), ele responde: Gutinha espere só um pouquinho porque estou pensando, adivinhem em que? Até que hoje o discurso mudou, agora ele começou a falar na retranca! Buá, buá…

Como fico praticamente isolada aqui, a construção com o passar do tempo vai virando um martílio, afinal são quase três anos de trabalhos repetitivos. Eu sinto falta de encontrar com as minhas amigas para fofocar, bater perna em um shopping,  fazer coisas que mulher gosta de fazer… Para terem uma idéia, a minha diversão da semana tem sido ir ao supermercado.

Sinto arrepios só de lembar que passou pela nossa cabeça em construir o barco lá em Caixa Prego, é isso mesmo Caixa Prego na Ilha de Itaparica em Salvador, só pelo nome dá para imaginar né?

 

DSCF2513  DSCF2518

À esquerda Fausto cortanto o compensado, e à direita um dos montes de compensados cortados.

Comentários
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar:

Postar um comentário

Estamos viajando e não temos uma conecção a internet fixa a bordo.
Por esse motivo, certamente seu comentário demorará a ser postado, poderá não ser respondido, mas será lido.
Se ainda assim, quiser comentar fique a vontade!