quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Leme de Compensado Naval – Construção e Instalação.

O leme e o patilhão são as partes estruturais de encalhe do Guruçá Cat. O patilhão suporta o seu peso e eventualmente o leme serve como ponto de equilíbrio e de sustentação, devendo, portanto ser construído robustamente.

O eixo é maciço com 50 mm de diâmetro, o telescópio tem o diâmetro de 75 mm com parede de 6 mm e os reforços da porta com chapas de 6mm de espessura. Tudo em inox 316-L. As buchas foram feitas em UHMW.

DSCF2630

Por questões pessoais, decidimos construir a porta do leme em compensado naval e revestido em fibra de vidro/ epóxi.

Após receber do Valter Barcelos o eixo com os reforços, o telescópio e as buchas tudo encaixado e funcionando, iniciei á instalação do telescópio. Utilizei uma serra copo de 75 mm e furei a quilha no lugar previamente determinado. Introduzi o telescópio já com massa epóxi (aerozil, pó de madeira e cola epóxi), em seguida fiz o alinhamento. Após a secagem, com o telescópio superestruturado na parte inferior, iniciei a fixação e estruturação da parte superior. Após a cura da cola ficou ótimo.

Instalei as buchas de UHMW no telescópio, introduzi o eixo e instalei as suas fixações. A instalação do leme na parte interna do casco ficou pronta.

DSCF2633

Na parte externa do casco via-se, o casco e o eixo com os reforços da porta. Encaixei nesse eixo, o molde do leme de compensado de 6 mm vazado a fim de verificar se a porta do leme estava devidamente alinhada com o fundo do casco. Confirmado o alinhamento, retirei o eixo e o molde e os levei para uma mesa a fim de iniciar a sua construção.

DSCF2688   DSCF2687

DSCF2697   DSCF2691

DSCF2700   DSCF2704

DSCF2701   DSCF2703

Com o molde de 6 mm, fiz seis outras peças de compensado de 8 mm, mas com corte somente onde entraria o eixo. Colei inicialmente, uma peça de 8 mm à de 6 mm e os instalei na estrutura de inox e imediatamente, pelo outro lado, colei outra peça de 8 mm à peça de 6 mm, em seguida aparafusei-as para que ficasse bem comprimida entre si. Colei em seguida as duas outras chapas de cada lado para encerrar esta fase.

DSCF2706

DSCF2707

No dia seguinte, retirei os parafusos, shapiei a entrada e a saída d’água, fibrei e fiz o acabamento. Após a cura os lemes foram instalados.

DSCF2717   DSCF2736

DSCF2721   DSCF2723

DSCF2734   DSCF2733

DSCF2796

Pela simplicidade deste processo de construção, da chegada das peças de inox até a colocação dos lemes, precisou de apenas dois dias e meio para ser concluído. Mesmo respeitando o tempo de cura do epóxi.

Fausto Pignaton

Comentários
2 Comentários

2 Comentários:

Cristiano Ardenghi Gonçalves disse...

Parabéns pela confecção do leme! Como dizem os catarinenses: Tens a manha! hehehe, Abração!

Anônimo disse...

Da hora... bem explicadinho e ilustrado como deve ser para os aprendizes como eu...
Só uma perguntinha:
Para um barco com garrafas pet que é como eu quero fazer posso utilizá-lo? ele fica pesado?
Valeu mesmo e um forte abraço!
Edilson - Birigui interior de São paulo
edilsoneoz@hotmail.com

Postar um comentário

Estamos viajando e não temos uma conecção a internet fixa a bordo.
Por esse motivo, certamente seu comentário demorará a ser postado, poderá não ser respondido, mas será lido.
Se ainda assim, quiser comentar fique a vontade!