segunda-feira, 17 de junho de 2013

Cachorro a bordo

Sempre que conhecemos alguém, nos perguntam como o Faísca se comporta quando estamos em alto mar e principalmente se ele fica solto. Nem nem, solto nunca. Quem têm PINCHER, sabe o quanto esses cachorros são elétricos/maluquinhos. Se alguma coisa chama atenção do Faísca, ele sai correndo pelo barco e a chance dele cair na água com o barco em movimento aumenta muito. Então, ele só viaja assim:

P4150079

P4150080

P4150082

P4150085

Nós o prendemos ao cabo do varal de roupas, então ele têm mobilidade para tomar sol, fazer suas necessidades na popa do barco, entrar e sair da sua casinha.

P4090142

Em uma navegada longa, como foi de Natal a Tobago, eu o tiro da coleira duas vezes ao dia e brinco com ele dentro do barco (com a porta fechada). Quando a navegada é curtinha, como as de agora, e geralmente a noite, ele fica preso e só solto quando largamos a âncora.

Damos o merecido cuidado ao nosso filhote-alarme. 

Comentários
2 Comentários

2 Comentários:

Anônimo disse...

conexão !! rsrsrs

Anônimo disse...

Que lindinho!!!

Postar um comentário

Estamos viajando e não temos uma conecção a internet fixa a bordo.
Por esse motivo, certamente seu comentário demorará a ser postado, poderá não ser respondido, mas será lido.
Se ainda assim, quiser comentar fique a vontade!